Pular para o conteúdo principal

Só o tempo

"Largo a paixão
Nas horas em que me atrevo
E abro mão de desejos
Botando meus pés no chão
É só eu estar feliz
Acende uma ilusão
Quando percebe em meu rosto
As dores que não me fez
Ah, meu pobre coração
O amor é um segredo
E sempre chega em silêncio
Como a luz no amanhecer
Por isso eu deixo em aberto
Meu saldo de sentimentos
Sabendo que só o tempo
Ensina a gente a viver"

(Paulinho da Viola)

Comentários

Renata (Rida) disse…
Parabéns pelo Blog. Vc escreve muito bem.
Esta música realmente me toca fundo e caiu como uma luva neste momento da minha vida.
Se quiser fazer uma visitinha ao meu blog, será um prazer! http://geleiageral.zip.net
ridaraujo@uol.com.br
Um abraço,
Renata (Rida)
tania disse…
Roberta, tudo bem? É a Tania,dos plátanos.
Poderias me enviar a tua poesia Nostalgizar?
Eu gostaria muito de tornar a lê-la.Procurei aqui pelo teu blog, mas não a encontrei. Grande beijo,Tania
Meu e-mail é:tamelo@superig.com.br
Roberta disse…
É, só o tempo mesmo pra nos mostrar o caminho.. beijão amiga!