Pular para o conteúdo principal

Samba do amor

Escrever. Escrever é bom, é importante e é, sem medo do lugar comum, preciso. Mas em alguns momentos falta tempo, em outros estímulo, algumas vezes coragem e outras até mesmo vontade. Aí eu leio. Porque ler é bom, é importante e totalmente imprencindível. Jornal, livro, revista e, cada vez mais, blogs. Um dos que leio sempre é http://pentimento.zip.net/. Por lá há sempre textos interessantes. Dia desses havia uma música de Paulinho da Viola, Samba do amor, que para o autor do blog, era presságio de um bom dia. Para mim, foi lembrança, saudade e esperança, foi pensar, imaginar e sorrir.


Samba do amor

"Quanto me andei
Talvez pra encontrar
Pedaços de mim pelo mundo
Que dura ilusão
Só me desencontrei
Sem me achar
Aí eu voltei
Voltar quase sempre é partir
Para um outro lugar
O meu olhar se turvou
E a vida foi crescendo
E se tornando maior
Todo o seu desencanto
Ah, todos os meus gestos de amor
Foram tragados no mar
Ou talvez se perderam
Num tempo qualquer
Mas há sempre um amanhecer
E o novo dia chegou
E eu vim me buscar
Quem sabe em você"

(Paulinho da Viola, Elton Medeiros e Hermínio Bello de Carvalho)

Comentários

Vanessa disse…
Olá, Roberta

Tudo bem?
Amei o seu Blog, anda inspirada hein??? Amor, introspecção, samba, etc...
A música do Frejat, eu amo!!!
Como você está?
Trabalhando bastante, estudando bastante e o coraçãozinho??? Já achou seu príncipe?
Espero que você esteja bem!!!
Tenho muitas saudades!!!
Você virá na Oktober deste ano??? A festa é de 07 a 23 de outubro!!!

Beijos, Vanessa