Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2005

Desilusão

Sinto-me caminhar sobre ondas de um mar em ressaca. Sob meus pés a revolta de uma densa espuma branca, sobre minha cabeça opressoras e pesadas nuvens cinza. Olho o horizonte e ele parece tão incerto e impreciso, muda de posição a cada tentativa de me equilibrar. A tempestade aflora com violência por todos os poros de meu corpo. Faltam cores até em minhas veias, que latejam pálidas no mesmo ritmo descompassado com que meu coração tenta se recompor. Dói um dor fria e salgada como o mar das lágrimas de minha desilusão.