Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Dezoito anos

Ontem, véspera do seu aniversário, tive a ideia de procurar fotos suas para uma espécie de retrospectiva em imagens dos seus 18 anos. Dezoito anos! Como 18 anos passam rápido e como, ao mesmo tempo, guardam tanta coisa! Lembranças, histórias, emoções, sentimentos... Fotos. São muitas fotos e já nas primeiras embarquei em uma viagem por estes 18 anos.

Para você, 18 anos de vida; para mim, 18 anos de tia e madrinha. Sou tia e sou madrinha, mas já acharam que eu era mãe, irmã... Talvez eu seja, nós sejamos, a mistura disso tudo. Tia, afilhada, madrinha, sobrinha, mãe reserva, irmãs, filha emprestada, amigas. Verdade que tivemos momentos em que parecemos inimigas, mas foram só isso, momentos. Vivendo há tantos anos na mesma casa, tendo quartos separados por uma parede, é natural que as brigas aconteçam. Já brigamos muito, né? Mas, cada uma a sua maneira, sempre soubemos pedir desculpa e superar.

Superamos, também, momentos ruins e agora, nesta viagem pelos últimos 18 anos, não tenho dúvid…

Datas sem data são as que mais importam

Hoje é dia dos namorados, mas não me importo com estas datas. Tivesse que me importar me importaria com as que me parecem mais importantes, como o dia das mães, dia da pessoa que mais tenho medo de perder na vida; ou dia dos pais, dia da pessoa que perdi que mais faz falta na minha vida.

Realmente não me importo. Não com as pessoas, me importo com estas e com tantas outras, mas com as datas. Não me importo, portanto, de ser dia dos namorados e eu estar sem namorado. O que não é exatamente uma novidade. Tampouco um problema.

Estar com namorado sempre foi a exceção. Mas claro que uma escolha é sempre uma desescolha. Às vezes muitas desescolhas... Em alguns dos muitos momentos sem namorado, tive sim vontade e desejo de que este sem fosse com. Mas se um destes momentos foi em um dia dos namorados, sinceramente, não lembro.

Talvez porque, mesmo que pareça e seja contraditório, não ligo, mas gosto da data. Adoro as demonstrações de amor e de afeto. Gosto da explicitação dos desejos. Mas... …